• (41) 9723-6862
  • (41) 3346-5544
  • Minhas Compras
  • Cronidor 12 mg 10 comprimidos

    Preço R$ 59,90

    Descritivo Analgésico opioide oral para cães e gatos, à base de cloridrato de tramadol. Características O tramadol pertence a uma categoria de analgésicos conhecida como opioides, que atuam pelo bloqueio de receptores relacionados à dor e outras funções vitais. Apresenta absorção rápida por via oral, proporcionando analgesia comparável à obtida com a morfina na dependência da dose em que é empregado. É indicado para o tratamento da dor de intensidade moderada a intensa que ocorre nos pós-operatórios de cirurgias de tecidos moles e ortopédicas, nos casos de dor associada ao câncer, doenças osteoarticulares crônicas, entre outros. Também pode ser utilizado como medicação pré-anestésica associado a outros fármacos. O produto tem excelente efeito quando empregado com anti-inflamatórios não-esteroidais e é bastante seguro para uso prolongado. Os comprimidos de Dorless V são palatáveis e sulcados para facilitar sua administração. O produto deve ser administrado por via oral na dose de 1 a 2 mg/kg, de 8 em 8 horas. O tempo de tratamento é de 3 a 5 dias, podendo ser estendido a critério do Médico Veterinário. É apresentado em comprimidos palatáveis e sulcados de 12 mg (cartucho com 10 unidades). Cada comprimido contém: Cloridrato de tramadol ...................................................................................................................12,00 mg Palatabilizante .................................................................................................................................8,75 mg Excipiente.................................................... q.s.p .......................................................................125,00 mg Indicações da bula É um analgésico opióide indicado para o alívio da dor de grau moderado a intenso, de caráter agudo, subagudo ou crônico nos cães e gatos. O uso é recomendado especialmente nos períodos pré e pósoperatório, possibilitando a redução da dose dos agentes anestésicos empregados e melhorando a qualidade de recuperação do paciente. Dosagem da bula Para se obter um efeito adequado, a posologia deve ser individualizada, ajustando-a de acordo com a intensidade da dor. Recomenda-se, de modo geral, 1 a 2 mg/kg de peso vivo para cães ou gatos, conforme a tabela abaixo, a cada 6 ou 8 horas, durante 3 a 5 dias ou a critério do Médico Veterinário. É importante estabelecer um horário fixo para a administração periódica do produto. Em princípio, deve ser selecionada a menor dose analgésica eficaz. Quando comparado a outros analgésicos opióides, o uso prolongado do tramadol induz mínimo efeito de tolerância, havendo necessidade de aumento da dosagem nesses casos. Administração da bula Cães e Gatos. Precauções da bula O produto deve ser utilizado com cautela em pacientes com insuficiência respiratória, com histórico de convulsões e com pressão intracraniana aumentada. Em caso de insuficiência renal ou hepática, a duração da ação do tramadol poderá ser prolongada. O produto não é indicado em fêmeas prenhes devido à escassez de estudos de segurança com o tramadol nesta fase de vida das cadelas e gatas. Utilizar durante a prenhez somente com indicação e acompanhamento veterinário. A administração antes ou durante o trabalho de parto não afeta a contratilidade uterina. Deve-se considerar que pequena quantidade do fármaco e de seus metabólitos são encontrados no leite materno. Geralmente, não há a necessidade de se interromper a amamentação após administração única do produto. Em animais recém-nascidos, o tramadol pode induzir alterações na taxa respiratória, normalmente de importância clínica irrelevante. Apresentação da bula Blister contendo 10 comprimidos.
    Descritivo Analgésico opioide oral para cães e gatos, à base de cloridrato de tramadol. Características O tramadol pertence a uma categoria de analgésicos conhecida como opioides, que atuam pelo bloqueio de receptores relacionados à dor e outras funções vitais. Apresenta absorção rápida por via oral, proporcionando analgesia comparável à obtida com a morfina na dependência da dose em que é empregado. É indicado para o tratamento da dor de intensidade moderada a intensa que ocorre nos pós-operatórios de cirurgias de tecidos moles e ortopédicas, nos casos de dor associada ao câncer, doenças osteoarticulares crônicas, entre outros. Também pode ser utilizado como medicação pré-anestésica associado a outros fármacos. O produto tem excelente efeito quando empregado com anti-inflamatórios não-esteroidais e é bastante seguro para uso prolongado. Os comprimidos de Dorless V são palatáveis e sulcados para facilitar sua administração. O produto deve ser administrado por via oral na dose de 1 a 2 mg/kg, de 8 em 8 horas. O tempo de tratamento é de 3 a 5 dias, podendo ser estendido a critério do Médico Veterinário. É apresentado em comprimidos palatáveis e sulcados de 12 mg (cartucho com 10 unidades). Cada comprimido contém: Cloridrato de tramadol ...................................................................................................................12,00 mg Palatabilizante .................................................................................................................................8,75 mg Excipiente.................................................... q.s.p .......................................................................125,00 mg Indicações da bula É um analgésico opióide indicado para o alívio da dor de grau moderado a intenso, de caráter agudo, subagudo ou crônico nos cães e gatos. O uso é recomendado especialmente nos períodos pré e pósoperatório, possibilitando a redução da dose dos agentes anestésicos empregados e melhorando a qualidade de recuperação do paciente. Dosagem da bula Para se obter um efeito adequado, a posologia deve ser individualizada, ajustando-a de acordo com a intensidade da dor. Recomenda-se, de modo geral, 1 a 2 mg/kg de peso vivo para cães ou gatos, conforme a tabela abaixo, a cada 6 ou 8 horas, durante 3 a 5 dias ou a critério do Médico Veterinário. É importante estabelecer um horário fixo para a administração periódica do produto. Em princípio, deve ser selecionada a menor dose analgésica eficaz. Quando comparado a outros analgésicos opióides, o uso prolongado do tramadol induz mínimo efeito de tolerância, havendo necessidade de aumento da dosagem nesses casos. Administração da bula Cães e Gatos. Precauções da bula O produto deve ser utilizado com cautela em pacientes com insuficiência respiratória, com histórico de convulsões e com pressão intracraniana aumentada. Em caso de insuficiência renal ou hepática, a duração da ação do tramadol poderá ser prolongada. O produto não é indicado em fêmeas prenhes devido à escassez de estudos de segurança com o tramadol nesta fase de vida das cadelas e gatas. Utilizar durante a prenhez somente com indicação e acompanhamento veterinário. A administração antes ou durante o trabalho de parto não afeta a contratilidade uterina. Deve-se considerar que pequena quantidade do fármaco e de seus metabólitos são encontrados no leite materno. Geralmente, não há a necessidade de se interromper a amamentação após administração única do produto. Em animais recém-nascidos, o tramadol pode induzir alterações na taxa respiratória, normalmente de importância clínica irrelevante. Apresentação da bula Blister contendo 10 comprimidos.